Programação ABR 2018
Semanal
Arte Degenerada - o deserto da arte proibida

Em 1933, Hitler fecha a Bauhaus e promove a primeira exposição difamatória da arte moderna em Karlsruhe e Mannheim. Os artistas começam a emigrar. Livros são queimados em praça pública e inicia-se um verdadeiro processo de expropriação arbitrária pelos nazistas dos acervos dos museus: mais de 16.500 obras de arte consideradas degeneradas são confiscadas, muitas das quais foram destruídas ou perdidas. Obras de valor - como Auto-Retrato (1888) de Vincent van Gogh (1853 - 1890) ou Acrobata e Jovem Arlequim (1905), de Pablo Picasso (1881 - 1973) - são vendidas num leilão em 1939 na Galeria Fischer, em Lucerna, Suíça, e revertidas em divisas para os nazistas. Na mencionada exposição de 1937, em Munique, são apresentados trabalhos tanto dos expressionistas alemães quanto de Henri Matisse (1869 - 1954), Picasso, Georges Braque (1882 - 1963), Piet Mondrian (1872 - 1944), El Lissitzky (1890 - 1941), Paul Klee (1879 - 1940), Marc Chagall (1887 - 1985), Wassily Kandinsky (1866 - 1944), Otto Dix, Max Ernst (1891 - 1976), George Grosz (1893 - 1959) e outros. Lasar Segall (1891 - 1957), que emigra para o Brasil em 1923 e naturaliza-se brasileiro, é representado com seis trabalhos, dos quais apenas dois podem ser vistos ainda hoje. Como a arte sobrevive em tempos de opressão? A Mostra Arte Degenerada - O Deserto da Arte Proibida exibirá cinco diferentes filmes que falam sobre importantes artistas que tiveram suas obras destruídas ou perdidas pelo regime nazista, além de um documentário inédito, O Deserto da Arte Proibida, que conta a história de Igor Savitsky, homem que desafiou o regime nazista e salvou mais de 40.000 obras de arte. E finalmente, uma parábola ácida sobre o canibalismo artístico da opressão com um dos melhores filmes de Peter Greenaway, A Barriga do Arquiteto.
18
19
20
21
22
ver por dataver lista de filmes
Sede de Viver
De Vincente Minnelli, George Cukor

Horário: 15h00

Título original: Lust for Life
Elenco: Kirk Douglas, Anthony Quinn, James Donald 1877. Vincent Van Gogh é um homem que trabalha em um serviço religioso na Bélgica, até que seu irmão, um negociante de artes, o leva para Paris. Na cidade, ele tem contato com diversos artistas que o impulsionam a pintar, e logo, Van Gogh se transforma em um mestre da pintura que se divide entre sua genialidade artística e a mente atormentada.

EUA | 1955 | 122 min


A Barriga do Arquiteto
De Peter Greenaway

Horário: 15h00

Título original: The Belly Of An Architect
Elenco: Marino Mase, Francesco Carnelutti, Brian Dennehy Stourley Kracklite (Brian Dennehy) é um renomado arquiteto americano passando por um momento de colapso em sua carreira e na vida pessoal. Após viajar para Roma com sua esposa para realizar uma exposição em homenagem a um grande artista francês, Kracklite passa a sentir fortes dores na barriga, ao mesmo tempo em que desconfia que está sendo traído e envenenado pela esposa. A partir daí a paranóia toma conta de sua mente.

Reino Unido | 1987 | 120 min


O Mistério de Picasso
De Henri-Georges Clouzot

Horário: 15h00

Elenco: Pablo Picasso, Henri-Georges Clouzot, Claude Renoir Em 1955 um famoso diretor convenceu um genial pintor a deixar-se observar no exercício de sua arte. Utilizando materiais especiais que proporcionam uma visão desobstruída, Pablo Picasso pinta sob as lentes atentas de Henry-Georges Clouzot. Picasso faz 20 telas para o filme e Cluzot acompanha a criação de cada uma, adaptando seu olhar cinematográfico ao trabalho do artista, um dos mais importantes do século XX.

França | documentário | 1955 | 78 min


O Deserto da Arte Proibida
De Tchavdar Georgie, Amanda Pope

Horário: 15h00

Título original:The Desert of the Forbidden Art
Arriscando ser denunciado como "inimigo do povo", Igor Savitsky salvou 40,000 obras de artes e criou um museu em um deserto distante do Uzbequistão que hoje vale milhões.

Documentário | EUA 2010 | 80 min


Lasar Segall - A poética da resistência
De Rozane Braga

Horário: 15h00

Episódio da série Artistas Plásticos Brasileiros. O documentário mostra como as grandes guerras mundiais tiveram forte influência na vida e na arte de Lasar Segall, refletindo sua profunda preocupação com o sofrimento humano. Nascido em família judia na comunidade judaica de Vilna, Lituânia, mas brasileiro por escolha, ele foi um dos primeiros modernistas a expor no Brasil, quando sua obra já era reconhecida na Europa. Aqui, ele descobriu a luz e a cor, que deixaram sua pintura mais vibrante e solar para denunciar as dores do mundo.

Brasil | documentário | 2017 | 52 min


programaçãonotíciaspatrocinadoresfale conoscoAcesso à informação
home
lasar segall
o museu
Acervo Integrado
exposições
ação educativa
biblioteca
oficinas e cursos
cine segall
amigos do museu
ok